21/08/2012

Como utilizar um biombo...

Olá povão desse mundão... obrigado pelos acessos de lugares longínquos e unidos por essa ferramenta maravilhosa que é a internet e pelo amor à decoração e arquitetura!!!  Vamos ficar mais unidos e mais perto adicionando-me no perfil do bloguinho no Facebook.com/blogvaolivre e compartilhar nossas (minhas e vossas) idéias de decoração!

Bem, vamos falar sobre qualquer coisa de decoração com biombos. Por "increça que parível" um dos posts mais acessados do bloguinho foi o de como fazer um biombo sem gastar muito, que você acessa clicando aqui, já faz um tempinho, mas ainda continua sendo um dos mais acessados mensalmente. Então resolvi falar um pouquinho mais sobre o "poder" do biombo em sua casa.



A arquitetura contemporânea prima pela a fluidez  e integração dos espaços. Antigamente (antes do advento da arquitetura moderna, década de 30)  as casas eram concebidas compartimentadas, cada espaço delimitado  por paredes que tinham também uma função estrutural...



A partir da década de 20 do século passado o arquiteto Le Corbusier lança os cinco pontos da arquitetura moderna cujo primeiro ponto trata exatamente da planta livre, ou seja, as paredes passam a ter exclusivamente a função de vedação e não mais estrutural, cria-se os vãos livres lol,


Interior (ou exterior?) da Villa Savoye, Le Courbusier.

A partir disso a busca pela continuidade dos espaços, a fluidez e a integração foram constantes nos melhores exemplares da arquitetura moderna. 

 Casa da cascata de Frank Loyd Wright


A parede passa a ser o elemento de surpresa em uma composição, atraindo o olhar para o que há por trás dela, induz o observador a experimentar novos espaços numa promenade arquitetônica.

Pavilhão de Barcelona de Mies Van de Rohe



E o que isto tem a ver com biombos?  Como tudo o que os chineses inventam, o biombo tem vária funções e  consegue dar essa sensação de separação e integração dos espaços. O biombo consegue diminuir um espaço amplo sem fragmentá-lo, consegue dar um efeito intimista sem intimidar, consegue delimitar um espaço sem separar e consegue esconder uma área sem vedá-la.

No outro post eu mostro como eu utilizei as grades de um berço apenas para delimitar um espaço e torná-lo mais íntimo.

Existem vária formas de fazer um biombo sem gastar quase nada e resolver alguns problemas de sua casa. vamos ver?


Um biombo feito de garrafas pets, além de ecológico, transmite essa sensação de um lugar acolhedor  e intimista sem fragmentar ou diminuir o espaço. Mas para esse item eu recorro àquela questão que eu já falei acerca da reciclagem, fica muito bonito na foto, mas quando se ver pessoalmente o aspecto não é um dos melhores e algumas dicas são importantes:

1 - Lembre-se que o material ficará à vista, portanto, garrafas amassadas devem ser rejeitadas.
2 - Primar pelo acabamento é essencial para qualquer peça principalmente as recicladas. quando a paciência  acabar, esqueça a peça e só torne a fazer quando a paciência voltar, é melhor levar mais tempo  e ter uma peça realmente bonita do que apresentar qualquer coisa.
3 - Uma das coisa mais interessantes na reciclagem é a junção do material reciclado com um material novo desenvolvido exclusivamente para ele:

 Preste atenção nos perfis em arco na base e no topo deste biombo, tornam a peça mais bem acabada, seguindo o mesmo desenho do carpete.

divisoria-escritorio-reciclada

Uma área da cozinha que não quer que fique à mostra, como por exemplo, a área de serviço que aqui em Portugal é o principal defeito da arquitetura,  pode ser escondido por um biombo.

Separando a cozinha numa casa loft

Além dos tradicionais que vedam de baixo para cima,  você pode ter também de cima para baixo como estes feitos de disco de vinil revestidos com contact branco, por mim não seriam revestidos... ou poderiam ser de papelão e revestidos.

biombo

As estantes vazadas também são interessantes, nada de encosta-las nas paredes...

estante-divisoria

Uma velha porta pode ser restaurada

e até uma veneziana pode delimitar um cantinho de leitura de revistas

Os bambus ou até mesmo aquelas canas "menos nobres" que servem para o suporte na plantação de feijão e afins, e que há muitos aqui em Portugal.


 também tem essa ideia de novelos de lá de uma praticidade de manutenção um pouco duvidosa
 

Esses com galhos de podas fixados em uma base de aço inoxidável lacado, que poderia ser também de madeira




Bem pessoal acho que por hoje é só, agora é a vez de você deixar um  comentário aqui em baixo e nos adicionar no facebook.com/blogvaolivre, vai lá, não custa nada, já leu até aqui, agora é só clicar e adicionar o perfil, e dizer o que quiser porque todos vocês já sabem o vão aqui é livre!

Compartilhar

Como utilizar um biombo...
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

2 comentários

Escrito comentários
avatar
10 de janeiro de 2013 11:21

Gostei muito dos biombos como opção para dividir ambientes. Tenho que estudar o que mais se adequa à minha realidade. Valeu pelo post!

Reply
avatar
27 de julho de 2016 17:39

Parabéns pelas idéias de biombos postadas. Hoje é difícil achar madeira treliçada.Amei a idéia de aproveitar portas e venezianas.

Reply

Só uma palavrinha!!!

Página inicial