16/11/2011

Decoração de Lojas | empreendedorismo na decoração


Povo meu, povo meu existe bloguinho mais interessante que o meu? Sim existe!.. bem, deixa para lá... heheheh

O post de ontem sobre decoração de montras (vitrine) chamou-me a atenção para outra coisa que poucos blogs sobre decoração falam e ajudam é decoração de loja. Lembrei-me de que possivelmente você seja proprietário (a) ou sócio(a) de uma loja e esteja louco (a) para ter idéias de decoração de sua loja.

Bem, muito mais complexas do que decoração de casas, as de lojas tem que estar unicamente voltada para o marketing, a decoração não é algo para deixar sua loja bonita, é para em primeira instância causar impressão.Isso mesmo: CAUSAR IMPRESSÃO!



Uma série de fatores devem ser levados em conta na hora da decoração, se o designe de loja apenas chega lá e enfeita a loja, despeça-o. Organizar uma loja requer um grande estudo prévio.


  • de seus clientes, 
  • do seu espaço, 
  • dos seus produtos, 
  • de como os clientes utilizam o espaço
  • como se dá o fluxo dos clientes
  • como eles gastam
  • como eles vêm a sua loja
  • porque possíveis clientes nem se quer entram em sua loja,
  • porque preferem a loja vizinha
  • qual nicho pode ser mais explorado
  • quais peças devem chamar atenção.
  • qual o preço médio que cada cliente gasta em sua loja,
  • quanto que sua loja precisa que cada cliente deixe lá (metas)
  • qual o seu público e quais públicos você quer ganhar
  • o que eles acham de seu atendimento e serviços.



Se não levar esses dados em conta o decorador, muito provável, vai afundar sua loja com todos os seus enfeite. A primeira coisa que um lojista precisa saber: decoração de loja é coisa séria
Já vimos que aqui temos pano para manga, ou seja, vou falar um pouco como que cada um desses itens influenciam na decoração e como obtê-las da forma mais prática. Logicamente vamos dividir o post em partes, siga o nosso bloguinho para não perder nadinha...


Hoje vamos falar apenas dos clientes. Quais são e quem são os clientes de sua loja? Aquele que já tem alguns bons anos de mercado saberão responder com uma pequena margem de erro quem é sua clientela. Portanto, sua  decoração é para ela. Cada classe de clientes tem uma exigência diferente seja lá como você divide essas classes: se por idade, condições financeira ou simplesmente pelo estilo. Em grandes lojas que abarcam diferentes públicos a setorização permite uma decoração individualizada dentro do contexto geral. Nas pequenas lojas agradar a gregos e troianos já é um pouco mais complicado. 


Estudo dos clientes

De onde vem o seu público? Pasmem, isto é importante saber, para isso o decorador deve levar em consideração os principais fluxos ao redor do bairro (supermercado, estação de comboios (trem), igrejas, restaurantes, boates, clubes, cinemas, feiras livres, teatros etc...), quais são os caminhos principais de acesso e porque o  cliente decidiu entrar em sua loja. Talvez você esteja se perguntando: Porque isto é necessário? Simples! Sabendo quem é o fluxo de pessoa que passam em frente a sua loja diariamente, direcionar uma parte da decoração de frente de loja para esse fluxo é a certeza de ganhar novos clientes. Não entendeu?Vou dar exemplo: Se sua loja de roupa ficar perto de escolas ou universidades o fluxo de pessoas pode ser formado por estudantes. Que, em geral, não tem muito dinheiro para gastar, mas gastam o que tem para estar na moda! Expor roupas apenas para idosos na frente de loja é sem dúvida perder clientes. Entendeu agora? Isto segue-se para todas as lojas.

Se sua loja vende apenas produtos caros e de marcas famosas, seu público é específico a clientes que possuem muito dinheiro, por vezes, pouco tempo e que raramente comprará objetos além da conta. Para esse público uma decoração mais intimista, clássica, limpa, que faça o cliente perder a sensação do tempo, sinta-se à vontade e acima de tudo perceba que vale apenas visitar aquela loja mais vezes. E em tempo de crise não pode se dar ao luxo de não pensar nos clientes de classes emergentes que gostam de obter uma roupa de marca em seu guarda roupa.

Vejam o exemplo de duas lojas que vendem produtos de decoração para públicos diferentes, apenas pela decoração (ou falta dela) dá para saber a qualidade dos produtos que ambas vendem, o preço e consequentemente o público. Ou se eu estiver enganado, acertei pela sensação que ambas transmitem.







Entenderam?  

Analisem mais essas duas lojas de calçados e reflitam quais das duas vedem sapatos de melhor qualidade?





Acredite, ambas!!!

O post ficou meio cansativo... então vamos ver a decoração de algumas lojas que merecem a nossa atenção: inspirem-se


Loja de decoração por Francine Azevedo Lima e Tininha Auzier para a Casa cor Amazonas


excelente decoração da Arquitektônica daqui de Portugal


Enfim o importante na decoração de loja é que seja impressa a sua marca na vida do cliente. Quanto mais tempo um cliente passar em sua loja, maior a chance de achar o que procura ou ainda levar o que não estava a procura mas gostou. Lembrem-se o visual de sua loja é o que é a sua marca, o seu produto e o seu atendimento

Qual o visual da loja que você entra? 



Abraços e até o próximo post!!! 

Compartilhar

Decoração de Lojas | empreendedorismo na decoração
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

2 comentários

Escrito comentários
avatar
telminha
17 de novembro de 2011 16:32

gostei!!!
Estou deveras ansiosa por ler o seguimento deste post...
Bom gosto, uma eficaz estratégia de marketing associado ao empenho e profissionalismo no atendimento é o caminho certo paro o sucesso!

Reply
avatar
17 de novembro de 2011 19:13

Que bom Telminha que você gostou... o próximo dessa série já está quase no ponto.. será sobre "Espaços da loja" seguindo a listinha...

Obrigado pelo seu comentário! Continue participando aqui o vão é livre!

Reply

Só uma palavrinha!!!

Página inicial